16 de mai de 2015

Resenha Dungeon ni Deai wo Motomeru no wa Machigatteiru Darou ka

Eita nomezinho mais curto né, esse anime não me despertou tanto interesse, mas resolvi assistir já que está no ranking dos mais vistos de primavera 2015, e devido a indicação do meu amigo Amo Animes Oficial
Gênero: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Romance
Episódios: 12
Estúdio: J.C. Staff  Yumekui Merry, To Aru Majutsu no Index, Toradora.
Lançamento: 04/04/2015
Diretor: Yamakawa, Yoshiki 

A história mostra o protagonista chamado Bell que é humano e vive em uma cidade chamada Orario onde Deuses vivem junto com humanos, Bell luta para ser o mais forte e conquistar uma garota bonita. Ele vive com uma Deusa chamada Hestia que é apaixonada por ele. (Não eles não são namorados apenas vivem juntos por que ela é sua família, espera antes que você tenha um pane eles formam famílias não sendo de sangue, eles escolhem os mais fortes para formarem uma família e como ninguém queria o Bell pra fazer parte de nenhuma família apareceu a Deusa Hestia e o convidou.) 
A Deusa Hestia é uma menina que usa roupas curtas (que parece mais uma camisola) e com bastante destaque no corpo, o que fez a maioria se irritar por causa da fan service, ou não, muitos ficaram babando pela Hestia.
Bell acaba sendo salvo por uma princesa Deusa chamada Aizu Wallenstein quando vai lutar com um minotauro e aí ele acaba se apaixonando pela Aizu.

O anime é divertido, e bem romântico vemos um elo entre a Hestia e o Bell e não sabemos o que rola ali, sentimento de amor ou amizade? É tipo um amor doce só que para meninos, é que ele tem um certo harém e fora que vemos peitos e calcinhas em todos episódios. Mas o anime me surpreendeu e a cada episódio que eu acistia queria continuar vendo, ele não é um anime pesado e você se diverte enquanto assiste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.